7 Tipos de Infoprodutos para Vender e Faturar Alto no Mercado Digital

Tipos de Infoprodutos

Vender produtos digitais é uma maneira barata e descomplicada de gerar um novo fluxo de receita. Quaisquer que sejam seus motivos para investir nesse mercado, saiba que há diversos tipos de infoprodutos para vender e faturar alto.

O melhor de tudo é que você tem a chance de compartilhar seu conhecimento e talento para ajudar outras pessoas. Este artigo lhe dará uma ideia de quais são os melhores tipos de infoprodutos para vender online. Mas, antes de revisarmos os melhores itens digitais e onde vendê-los, uma rápida visão geral.

O que é um infoproduto?

Antes de mais nada, é preciso saber o que é um infoproduto, também conhecido como produto digital. Estamos falando de qualquer item virtual pelo qual você pode pagar e baixar instantaneamente. Eles são intangíveis, no sentido de que você não pode tocá-los.

Então, cursos digitais, aplicativos e e-books são exemplos de infoprodutos. Mas existem muitas outras maneiras de criar produtos digitais a partir de seu próprio conhecimento, criatividade, habilidades e experiência. Assim sendo, você não precisa contratar profissionais ou equipe de filmagem para desenvolver seu infoproduto. Você pode criar tudo em seu próprio computador com as ferramentas digitais disponíveis na internet.

Por que vender produtos digitais?

De fato, criar, aplicar estratégias de marketing digital e vender seu infoproduto pode parecer trabalhoso, especialmente para quem não tem um vasto conhecimento em tecnologia. Mas, graças a algumas ferramentas online, você pode aprender tudo facilmente. Além disso, existem bons motivos para vender produtos digitais. Abaixo, confira alguns deles.

Alguns tipos de infoprodutos tem baixo investimento e altos retornos

Existem vários tipos de infoprodutos que você pode criar usando seu tempo livre, sendo que alguns podem ser mais lucrativos que outros. A questão é escolher um nicho de mercado rentável. Diferente de abrir um negócio físico que exige aluguel de um imóvel comercial, a compra de equipamentos e a contratação de pessoal, a produção de um infoproduto não requer um alto investimento.

Portanto, basta ter um computador conectado à internet para concretizar suas ideias de conteúdo para a criação de um produto digital. Sem dúvida, os produtos digitais vendem com margens mais altas do que os produtos físicos. E essa margem melhora com o tempo porque você não precisa gastar dinheiro produzindo mais unidades.

Sem problemas de estoque, frete ou aluguel

Além de não ter que arcar com os custos de produção, armazenamento ou envio de itens físicos, você também pode evitar a logística. Vender produtos digitais por meio de uma plataforma de distribuição de conteúdo é simples.

Por exemplo, através da Hotmart você pode se tornar um afiliado facilmente.

Geralmente, blogueiros que trabalham com o mesmo nicho de mercado do produto digital que você está oferecendo tem interesse em promover um curso online ou e-book relacionados ao tema do seu blog. Isso aumenta as possibilidades de venda do seu infoproduto.

Entrega automatizada

Se você já tem um trabalho diurno que o mantém ocupado, os tipos de infoprodutos que você vende online podem gerar renda extra, mesmo que você passe a maior parte da semana trabalhando em tempo integral. Saiba que você pode gerenciar tudo através do seu celular, onde você estiver.

Afinal, um produto digital não requer remessa pelos Correios, basta enviar para o e-mail do comprador para que ele possa fazer o download. Portanto, ao receber um pedido de compra do seu produto digital, você só precisa enviar para o comprador através da internet usando um computador ou dispositivo móvel. O recebimento será instantâneo, bem como o seu pagamento.

Atenda a um nicho de mercado rentável

Concentrar-se em um público específico, com necessidades específicas, é mais fácil do que competir amplamente no mercado. O desafio de vender para nichos menores é que muitas vezes não há um mercado grande o suficiente para o qual vender.

Então, a dica é investir em um nicho de mercado lucrativo. Para isso, faça uma busca no Google com um termo relacionado ao tema do infoproduto que você pretende lançar. Por exemplo: “dieta cetogênica”. O nicho de emagrecimento é altamente rentável, portanto você verá uma grande procura por vários tipos de dietas.

Aproveite a mudança para a educação à distância

As pessoas estão tendo cada vez menos tempo de investir no conhecimento, mas essa é uma necessidade que está sendo solucionada através da educação à distância. A demanda por infoprodutos com objetivo educacional continua a crescer. De acordo com pesquisas, a procura por cursos online tem aumentado, ou seja, esse é um dos tipos de infoprodutos que geram bastante lucro.

7 tipos de infoprodutos para vender e faturar alto

Vamos destacar agora algumas dicas de produtos digitais que você pode vender online. Quem sabe esses exemplos de infoprodutos listados podem gerar alguma inspiração para você começar.

1 – E-books estão em alta

Você não precisa ser um grande escritor para escrever um e-book. Pense em usar suas habilidades em determinado setor de mercado para ensinar outras pessoas. Saiba que não há necessidade de você ser um especialista no assunto que pretende tratar.

Por exemplo, muitas pessoas são boas conselheiras, por isso tem aproveitado essa virtude para oferecer um e-book abordando vários aspectos da vida pessoal ou profissional de determinado público (mulheres, homens, idosos, pessoas com algum tipo de deficiência, etc).

Qualquer pessoa pode lançar um e-book, mesmo que não tenha formação acadêmica na área que está focando. Os e-books são vendidos como pão quente porque são acessíveis e fornecem uma solução completa com o respaldo da experiência ou conhecimento do autor.

Embora a maioria dos e-books sejam vendidos por menos de R$ 100 reais, você ainda pode cobrar mais, dependendo da proposta de valor do seu e-book e do potencial de compra do seu nicho de mercado.

Mas, se a ideia é fazer um e-book para servir de isca digital para coletar leads, o ideal é oferecê-lo gratuitamente em seu site em troca de um endereço de e-mail. Alguns exemplos de infoprodutos dessa área também conhecida como coaching incluem:

– Conselhos para melhorar a relação amorosa

– Dicas para ter mais produtividade na vida profissional

– Como manter o equilíbrio emocional para não cair em depressão

– Ideias para gerar mais ânimo e motivação para as tarefas diárias

2 – Cursos online são os tipos de infoprodutos preferidos 

Ensinar online permite que você transforme algo que você já possui: sua experiência, em uma nova fonte de receita. As principais dicas de produtos digitais incluem sempre os cursos online, isso porque são a nata dos infoprodutos.

Então, se você ainda tinha dúvidas sobre quais os melhores tipos de infoprodutos, saiba que os cursos online, juntamente com os e-books estão em primeiro lugar. O motivo do sucesso dos cursos online é que as pessoas estão sempre em busca de aprender coisas novas ou aprimorar seus conhecimentos.

Você pode criar um curso online para ensinar às pessoas praticamente qualquer coisa, desde ioga até guitarra. A vantagem desse produto digital é que, depois de criar um curso, você pode continuar faturando enquanto o curso estiver disponível para venda.

Um curso bem-sucedido é aquele que oferece soluções para os problemas dos leitores. Você pode entregar o conteúdo do curso em diferentes formas, como arquivos de áudio, vídeos e textos. Você pode até mesmo oferecer certificação aos participantes.

3 – Design gráfico

Se você é um designer gráfico, já tem as ferramentas necessárias para criar itens digitais que vendem bem. Isso porque outros designers, alguns deles com prazos apertados, estão procurando os elementos de que precisam para fazer seu trabalho.

Ícones vetoriais, texturas, objetos, fontes, etc. Sem dúvida, há diversos tipos de infoprodutos que você pode criar e vender enquanto trabalha atendendo seus clientes. Se você é apaixonado por design, pode ser uma chance de deixar sua criatividade brilhar fora do projeto de um cliente.

Por exemplo, alguns designers gráficos vendem pacotes de artes para o Photoshop, bem como outros tipos de arquivos digitais para gerar renda passiva e ainda conquistar leads para seu negócio de freelancer.

4 – Tipos de Infoprodutos: Áudio e vídeo

Então, essa é uma das dicas de produtos digitais que agradam pessoas que gostam de trabalhar com áudio e vídeo. Portanto, é uma boa ideia investir nesses tipos de infoprodutos para o mercado de YouTubers.

Além disso, produtores de filmes, equipes de marketing ou qualquer pessoa interessada em comprar trilhas sonoras ou vídeos para ilustrar seu trabalho audiovisual. De uma forma ou de outra, quem busca esses elementos para tornar seu trabalho especial e se destacar terá que comprar de alguém.

Exemplos de infoprodutos de áudio incluem:

– Batidas e amostras de instrumentos

– Plugins para software de música

– Efeitos sonoros

– Audiolivros

– Palestras gravadas

– Aulas de idiomas

Vídeos também são ótimos tipos de infoprodutos, pois são os preferidos de pessoas que desejam aprender passo a passo como executar uma tarefa específica. Vídeos se dão bem com blogs de receitas, mas também com quase qualquer outra coisa.

Tudo que você precisa é oferecer algo de interesse de um grande número de pessoas, a partir disso poderá desenvolver um passo a passo em um vídeo tutorial.

5 – Tipos de Infoprodutos: Banco de imagens

Quantas vezes você acessou bancos gratuitos de imagens em busca de uma foto ideal para ilustrar algum trabalho? Talvez não tenha encontrado e foi obrigado a comprar a imagem que estava precisando.

Então, se você gosta de fotografia e tem interesse em captar diversos tipos de imagens ou um segmento especifico, a dica é investir na venda de suas fotos para bancos de imagens. Sem dúvida, esse é um dos tipos de infoprodutos que podem fornecer um bom lucro.

As fotos ainda têm alta demanda. Afinal, milhares de novos conteúdos são produzidos a cada segundo e excelentes recursos visuais estão se tornando muito populares no mundo atual do marketing de conteúdo.

6 – Tipos de infoprodutos baseados em softwares

Se você tem experiência em tecnologia da informação, essa é uma daquelas dicas de produto digitais que parece que foi feita para você. Saiba que as pessoas estão sempre procurando por melhores ferramentas de negócios para aumentar a produtividade e reduzir custos.

Então, se você pudesse identificar um grande obstáculo em sua área e desenvolver um software que as pessoas pudessem baixar e usar, isso seria tirar a sorte grande. Pense em software como editores de vídeo, gravadores de tela, etc. Esses são exemplos de infoprodutos que tem feito muito sucesso.

Também é uma boa ideia criar aplicativos baseados na Web / SaaS. Conhecido como software de serviço, a única diferença de um software clássico é que esse é um dos tipos de infoprodutos que só pode ser acessado ​​online e não pode ser baixado e instalado em vários dispositivos. As pessoas pagarão uma taxa de assinatura mensal ou anual para obter acesso.

Exemplos de aplicativos baseados na web incluem provedores de serviços de e-mail, como o MailChimp, bem como ferramentas de gerenciamento de redes sociais, como Crowdfire, Tailwind e CoSchedule.

7 – Sites de membros

Esse é um dos tipos de infoprodutos que exige a criação de conteúdo exclusivo para um site de membros. Assim, apenas as pessoas associadas terão acesso. Nesse caso, você deve adicionar conteúdo relevante todas as semanas ou todos os meses em seu site. Dessa forma, você envolverá seus membros com algo de valor para que se sintam estimulados a renovar suas assinaturas todas as vezes.

Depois de estruturar seu site de membros e definir sua estratégia de conteúdo, você só precisará instalar e configurar sua plataforma e fazer upload de seu conteúdo. Com sites de membros, você pode oferecer qualquer conteúdo, incluindo relatórios do setor, alertas de empregos, cursos, e-books, questionários com perguntas e respostas, vídeos, etc.

Conclusão sobre os tipos de infoprodutos disponíveis para venda online

Por fim, agora que você já sabe quais os melhores tipos de infoprodutos que você pode vender na internet, está na hora de começar a planejar o seu. Certamente, alguns dos exemplos de infoprodutos citados poderão gerar inspiração para que você inicie seu projeto. Então, aproveite nossas dicas de produtos digitais e boa sorte!

Gostou desde conteúdo? Deixe um comentário e Compartilhe com seus amigos!

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

1 resposta em “7 Tipos de Infoprodutos para Vender e Faturar Alto no Mercado Digital”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça parte da Lista Vip

Receba conteúdo exclusivo

Veja mais

®2020 Genius EAD | Todos os direitos reservados​